24H disponível para os Enfermeiros

Nós e as Chefias de Enfermagem

Categoria: Nós e as Chefias de Enfermagem

Somos um Sindicato que se empenha em pôr cada coisa no seu lugar.
A problemática que condiciona a ação de um chefe Enfermeiro é formada pelo conjunto dos problemas de cada um dos seus subordinados.
Os interesses particulares devem constituir o interesse geral do um chefe, que se preze e se respeite, enquanto chefe.
O que persegue e causa insónias aos chefes desnaturados são os métodos que usa, em circunstâncias específicas.
Não precisa de ser um síndico dos seus subordinados; tem é de intuir que os problemas deles são os seus de chefe, porque sem os ajudar a resolvê-los nem tem a disponibilidade mental e física dos seus subordinados, nem o seu respeito e reconhecimento da pessoa, cuja autoridade, não autoritária, devem respeitar. E respeitam se atuar como desejamos que atue.

Não defendemos mais bem os Enfermeiros não chefes do que defendemos os Enfermeiros sim chefes
É dever nosso livrar uns e outros dos abusos dos patrões.
Se é assim, e não duvidem que assim é, quando os chefes se armam em patrões e ainda sacrificam os não chefes, mais do que os próprios patrões; com violações constantes da lei, não esperem que apoiemos isso, por muita consideração que tenhamos, pelos sim chefes, pois teríamos de renegar tudo aquilo em que acreditamos e nos move. E não estamos disponíveis para abdicar dos princípios, que nos regem.
Nada, aqui, é gratuito: se cá se fazem; cá se devem pagar..

Pagar o bem ou o mal, no Céu ou no Inferno, não é connosco!

Com amizade,
José Azevedo

© 2017 Sindicato dos Enfermeiros
by Estudio Digital
Back to Top